Latest Entries »

terça-feira, 12 de maio de 2009

Significado Nome Rosa de Saron

Saron é uma região da Palestina entre as montanhas do Efrain e o Mar Mediterrãneo.Esta região era nos anos antes de Cristo de solo seco, rochoso e de água escassa. Entretanto como plano de Deus, foi colocado alí o povo por Ele escolhido (Is.33:1;2).A partir daí houve abundãncia e este povo, vendo a promessa de Deus se cumprindo em suas vidas,não se cansavam de contemplar, exaltar e adorar ao Deus Vivo,“ Pois Viram a Glória do Senhor “Passaram então a viver em terra que emanava vida e vida em abundãncia, onde este povo passou a cultivar as rosas mais belas do mundo, rosas estas que exalam o mais puro perfume e debeleza sem igual, nunca vista até os dias de hoje. Por tamanha beleza e perfeição,Jesus Cristo foi chamado de a Rosa de Saron (Ct.2:1)Além das rosas eles também cultivavam ervas e escpeciarias desta região,onde se extrai os aromas da terra.Barach é uma palavra de origem Hebraica que significa: Adorarei, Bendirei, me Prostarei ao Senhor.Por isso queremos levar até você um pouco da Palavra que exala

4 comentários:

jadson disse...

Senhores.
Sem qualquer intenção de ofender, antes, somente esclarecer. A interpretação dada à referência citada no texto acima (Ct 2.1) está incorreta.
No aludido texto é a igreja que é chamada Rosa de Saron e não o Senhor Jesus. Cânticos é um livro que relata o relacionamento espiritual entre Cristo (representado no texto pelo rei salomão) e a igreja (Representada por sunamita, a amada do rei).
A fala "Eu sou a Rosa de Saron" é da Sunamita e não de Salomão. Dê uma lidinha no texto bíblico e a dúvida vai passar. Depois é só acertar o texto desta página. Ai vai ficar tudo legal.

fabricio.monteiro95 disse...

a minha vida é rosa de saron

DL Oliver disse...

Caro Jadson
Canticos é um livro q fala da vida sexual q salomão fez, não envolve nada de igreja e Deus

cid disse...

O título “rosa de Sarom” aplica-se a Jesus?

Eucides Moreira

Caro Josedson, a paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo. Glória seja dada ao Senhor Jesus!

Quanto ao pregador que afirmou que o título “rosa de Sarom”, mencionado em Cantares 2.1, não se refere a Cristo, ele está certo. E, para se chegar a essa conclusão, é preciso observar com muito cuidado o contexto da passagem citada. Muitos irmãos leem o versículo isolado e acabam deduzindo, erroneamente, que o título alude ao Senhor Jesus.

O livro de Cantares apresenta um diálogo alternante entre a sulamita e seu amado, e é preciso ler cada versículo com atenção para identificar quem está falando. No fim do capítulo 1, o noivo diz: “Eis que és formosa, ó amiga minha, eis que és formosa; os teus olhos são como os das pombas” (v.15). E a noiva responde: “Eis que és gentil e agradável, ó amado meu; o nosso leito é viçoso. As traves da nossa casa são de cedro, as nossas varandas, de cipreste (vv.16,17).

Em Cantares 2.1, a noiva, que terminou falando no fim do capítulo 1, prossegue: “Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales”. No versículo 2, o noivo responde: “Qual o lírio entre os espinhos, tal é a minha amiga entre as filhas”, deixando claro que “rosa de Sarom” e “lírio dos vales” se referem à noiva.

Portanto, é a donzela sulamita quem diz: “Eu sou a rosa de Sarom, o lírio dos vales” (Ct 2.1), posto que, logo em seguida, o noivo responde: “Qual lírio... tal é a minha amiga” (Ct 2.2). Ela se compara às flores simples dos campos, numa possível demonstração de que não estava acostumada à aristocracia de Jerusalém. Sarom é a planície litorânea imediatamente ao sul do monte Carmelo (cf. Bíblia de Estudo Pentecostal, CPAD, p.984).

Postar um comentário